top of page

E-COMMERCE: Recorde de faturamento em 2022 e alta de mais de 20% no número de consumidores

Atualizado: 24 de abr. de 2023



O faturamento do comércio eletrônico brasileiro bateu recorde em 2022, chegando a R$ 262,7 bilhões, uma alta de 1,6% em relação ao ano anterior, segundo dados de pesquisa realizada pela NielsenIQEbit. Além disso, cresceu em 24% o número de consumidores em e-commerce no Brasil nesse mesmo período. E entre as principais compras online estão alimentos e bebidas, itens de casa e decoração, construção e ferramentas, eletrodomésticos e gastos com saúde.


A pesquisa também apontou o perfil dos consumidores digitais. A maior parte, segundo o levantamento, tem mais de 35 anos, sendo que a representatividade dessa faixa cresceu ao longo do ano de 2022 e soma mais de 68% do público total. Quanto à renda, aumentou a importância de consumidores que ganham de 4 a 10 salários mínimos (R$ 5.208 a R$ 13.020), independentemente da faixa etária.


GÊNERO E REGIÃO

As mulheres se mantêm em destaque no e-commerce brasileiro. Elas foram 57,7% do público total em 2022. No entanto, a presença dos homens teve uma leve alta, passando de 41,5% para 42,3%, de 2021 para 2022.


Quanto à região, o destaque em crescimento de vendas, com alta de 18%, foi para o Norte do país. Nordeste (3%), Sudeste (0,4%) e Sul (3%) também registraram altas.


A pesquisa NielsenIQEbit mostra ainda que o valor do tíquete médio teve queda de 7,5%, enquanto o número de pedidos subiu 7,9% na comparação entre 2022 com o ano anterior.


Comments


bottom of page